• Ronaldo Filho

Três caminhos para melhorar a performance dos líderes de marketing

Dois estudos e um levantamento jornalístico indicam caminhos para melhorar a performance dos líderes de marketing. Os estudos são do Financial Times com a IPA e da Forrester. E a Forbes publicou sua lista dos 50 CMOs mais influentes.





Estudo feito no Reino Unido traz boas e más notícias para o branding



O Financial Times e a IPA, a entidade das agências no Reino Unido, uniram-se para produzir o estudo The Board-Brand Rift (que pode ser traduzido como a fenda, a fratura, o gap entre a alta direção e o marketing) a respeito da função e do processo de construção das marcas, o branding.

Como subtítulo, traz a provocação: "como os líderes de negócios interromperam a construção de marcas".

O trabalho nasceu de um ponto positivo, que é um outro estudo que calculou que entre as 500 maiores empresas na bolsa, em média 84% de seu valor é de ativos intangíveis e, desse valor, 25% deve-se à marca.

O estudo da FT e IPA resultou de uma pesquisa junto a 500 leitores da publicação, 43% deles da C-suite e 36% das áreas de marketing.

Entre as boas notícias obtidas dessa amostra há uma crença de que 83% acredita nos resultados gerados pelas marcas e dois terços crê no balanço entre investimentos no curto e no longo prazo.

Mas no detalhamento do trabalho, porém, é revelado que 51% dos líderes dos negócios e 33% dos executivos seniores de marketing avaliam seu conhecimento sobre branding como "médio" ou "pobre", além do que, entre outros problemas, há uma relevante falta de confiança na gestão das marcas pela organização, dentro e fora da área de marketing.

Os pontos explorados no estudo são 1) a crença no valor da marca, 2) o controle dos objetivos e a calibragem da gestão do branding, 3) a expertise na construção de marcas e 4) a contribuição da criatividade.

No final, são feitas recomendações para a melhoria da gestão do branding tanto para os líderes do negócio como do marketing.

Clique aqui para ler a matéria sobre o estudo - 5 minutos de leitura Clique aqui e acesse o relatório de 40 páginas




Ponderações dos 50 CMOs mais influentes do mundo


A Forbes publicou, pela sétima vez, seu ranking com os 50 CMOs mais influentes do mundo, a partir de uma lista de 497 deles selecionadas para serem avaliados pela equipe da Sprinklr, plataforma que consulta 23 canais de mídia social, 11 serviços de mensagens e mais de 350 milhões de fontes digitais.

Antes da seleção dos 50 a equipe de jornalistas da Forbes não exerceu nenhuma consideração e interferência, pois seu trabalho de análise e de levantamento das ponderações de cada um dos rankeados só teve inicio com a lista definida.

O estudo, accessível a todos os interessados, gerou uma matéria na revista, que inclui vídeos com dois integrantes da lista.

O relatório em si, de 40 páginas, traz um perfil e ponderações de cada um dos 50 rankeados, além de exemplos de seu trabalho prático e da consolidação de alguns fatos a eles relacionados.

Clique aqui para ler a matéria - 10 minutos de leitura (mais dois vídeos de menos de 4 minutos) Clique aqui e acesse o relatório de 40 páginas em




Os CMOs caem na rotina criativa quando investem demais em tecnologia


A Marketing Dive obteve acesso a um relatório da Forrester Research que indica, com base em pesquisa feita junto a consumidores nos Estados Unidos, que muitos CMOs entraram em uma rotina criativa que está prejudicando o valor de suas marcas, uma vez que oferecem experiências digitais muito semelhantes a seus clientes.

A Forrester recomenda que as marcas transfiram US$ 19 bilhões destinados a algumas tecnologias - como mobile, mídias sociais e ad tech - para mais esforços criativos, a fim de obter US$ 10 bilhões a mais em ROI nos próximos seis anos.

O relatório também destaca que algumas marcas focadas em cortar as taxas das agências e reinvestir esse dinheiro em tecnologia ou mídia estão tendo um efeito adverso, como o declínio do valor das ações, por não conseguirem investir adequadamente em suas marcas.

Clique aqui para ler a matéria - 7 minutos de leitura



Fonte: CENP

0 visualização

Nos siga no Instagram

Curta nossa página no Facebook

Siga a gente nas redes sociais:

  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon
  • White YouTube Icon
  • White Twitter Icon